Cabos Redaelli para a maior minas de potássio do mundo

A mina Mosaic Esterhazy é atualmente a maior mina de potássio do mundo. Apresenta uma capacidade de extração anual de 5,3 milhões de toneladas.

Mosaic realizou um novo complexo de extração (K3) em Esterhazy, Saskatchwan e Canadá para expandir sua atividade de mineração no âmbito da extração de potássio.

O projeto K3 compreenderá a construção de 2 novos poços de mineração de aproximadamente 6 m de diâmetro (20 ft) e uma profundidade de cerca de 1128 m (3700 ft) com seus equipamentos de suporte, circuito de ventilação e estruturas de superfície.

Para este projeto extraordinário, a Redaelli forneceu seus cabos Flexmine 500 para o Galloway.  Os cabos Flexmine 500 ainda estão em uso na Mosaic K3. A AMC, que foi responsável pela realização do projeto de construção de dois poços de mineração, ficou extremamente satisfeita por ter escolhido a Redaelli como fornecedor destes cabos no projeto. O desafio apresentado estava na complexidade do projeto e nas condições ambientais extremas nas quais os cabos deviam operar.

Esses cabos surpreenderam os responsáveis do projeto K3 por sua capacidade de operar de forma excelente num ambiente onde os cabos geralmente operam com dificuldade. Ao longo dos 4 anos de operação, os cabos Redaelli perderam apenas uma pequena parte da sua tensão de ruptura. A Redaelli orgulha-se de poder fornecer os seus cabos Flexmine 500 para um projeto tão complexo como a construção de dois novos poços de mineração.

Informação técnica

Ano 2015    
Cliente JS Redpath / AMC    
Localização Esterhazy, Sakatchewan, CANADÁ    
Fornecimento Flexmine 500, resistente à rotação, todo compactado    
Comprimento dos cabos 8 x 1372m    
Diâmetro dos cabos 54mm